Pular para o conteúdo principal

FILOsofia e SOCIOlogia para quem?

 

 

SEEDUC RJ – Metropolitana VI – Ensino Médio

CIEP 241 NAÇÃO Mangueirense Leonel de Moura Brizola

Disciplina: FILOSOFIA / SOCIOLOGIA

 

APOSTILA

(construa a sua capa a partir do estudado)

    

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rio de Janeiro, agosto de 2022

3º bimestre  ___ º ano

Aluno(a):_____________________________Docente: Dra. Marcela Sanches

#MinhaEscolaMeuMuseCiep241

 

SEEDUC RJ – Metropolitana VI – Ensino Médio – Docente: Dra. Marcela Sanches

Disciplina: FILOSOFIA e SOCIOLOGIA APOSTILA – _º ano – 3º bimestre 2022

Nome da Escola: _________________________ Aluno:_____________________________

Currículo: 1. Compreender o papel da política na antiguidade e compará-lo com o papel da política na atualidade; 2. Identificar e discutir filosoficamente justiça, relações de poder, democracia e liberdade; 3. Sociedade em redes: impacto das redes sociais em nosso cotidiano, fake News e pós verdade.

Aula 03/4. Política na Grécia Antiga e hoje em dia: semelhanças e diferenças

Leitura:

 O analfabeto político Bertold Brecht O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo. Nada é impossível de Mudar Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo. E examinai, sobretudo, o que parece habitual. Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural nada deve parecer impossível de mudar.

https://drive.google.com/file/d/17fanR_X-lv1Jvdsh4QGeljlHAU2LaZwA/view pág:8 -11; 15-17aplique-se

https://cediumamadeira.wixsite.com/cediuma/autorreguladas - FILOSOFIA 3ANO - 3ºbim. Págs: 7-10

“Os gregos, mais especificamente, os atenienses, criaram a democracia direta. Hoje, vivemos na democracia representativa. Votamos e elegemos quem vai nos representar. Por isso é fundamental acompanhar de perto o que fazem os políticos profissionais. Outra diferença grande em relação à democracia de hoje e a da antiguidade é que quando foi criada só eram considerados cidadãos os atenienses, homens e livres. Ou seja, mulheres, estrangeiros e escravos não participavam da vida.”

Questão 03: (FGV)Leia atentamente os versos de cunho político do poeta e dramaturgo alemão Bertolt Brecht: “Nós vos pedimos com insistência: Nunca digam — isso é natural! (...) A fim de que nada passe por ser imutável” .De acordo com as ideias de Brecht expostas no trecho acima é correto afirmar que:

a)O ser humano faz parte da natureza e por isso o mundo que constrói é imutável. b) Os valores humanos são absolutos, portanto não podem ser modificados. c) O homem é superior à natureza e por isso o mundo construído por ele é imutável. d) Os valores humanos são estáticos, pois são frutos de suas predisposições naturais. e) O ser humano é criador de valores e por isso estes podem ser modificados.

O que são as datas? (...)  A memória carece de nomes e números. (...) BOSI. (2012)

 

Aula 05/6 : 18.8 - Justiça, relações de poder, democracia e liberdade: verdadeiro ou falso??

1.O termo democracia vem do grego no qual entende-se por “demos”, o povo e “kratia”, poder, governo. Portanto, democracia pode ser traduzido por “governo do povo” ou “governos de todos os cidadãos”. (pág07 applique-se)

2. Justiça: a origem é do latim, JUSTITIA, “direito, equidade, administração da Lei”, de justus correto – ler pág. 8 applique-se

3. Relações de poder: A palavra poder remete ao termo originário do latim que tem a mesma raiz que potência. A definição mais geral do termo poder qualifica a capacidade de agir, de produzir efeitos. Para a Filosofia, o poder pode ser caraterizado pela presença da força, e pela autoridade.

4. Isonomia, ou igualdade das leis, ou igualdade diante da lei;

5. Liberdade:  O exercício da liberdade na prática.Como podemos exercer a liberdade se estamos o tempo todo submetidos a regras e às normas de convivência da sociedade? A ideia de liberdade que é reconhecida na atualidade é a liberdade civil,que é justamente a liberdade condicionada ao cumprimento de valores éticos e cívicos que estimulam nossa responsabilidade pública. A liberdade civil é fruto do contrato social que representa um acordo tácito da sociedade a favor da existência de normas a serem seguidas com o Estado. Conforme estudamos, nós somos pessoas livres, mas nossa liberdade é exercida dentro de um conjunto de normas e de comportamentos cívicos. A ideia de as organizações sociais serem moldadas por regras cumpre um importante papel em desenvolver determinados valores que podem beneficiar a todos. Por isso, a charge abaixo ironiza a questão da liberdade, pois a nossa liberdade tem um limite do que seja certo e correto fazer, já que nossas atitudes impactam a vida de outras pessoas também. Os valores da ética e da justiça, por exemplo, fazem parte da nosso bem viver em sociedade e de convivência com as outras pessoas. Nós somos livres e podemos agir livremente desde que não ultrapassemos os limites da ofensa, do desrespeito e da intolerância. Nas sociedades modernas, as liberdades individuais, que fazem parte dos direitos civis, são previstas na lei e precisam ser preservados por todos.



AVA02: Em dupla desenvolva e apresenta para a turma: a releitura ou paródia dos clássicos das histórias infantis ou personagens da história em quadrinhos que tenha representado as formas de poder: a monarquia (rei/ rainha); Império; República (presidencialismo, parlamentarismo). Use como inspiração a charge acima.

Aula 07/8 Sociedade em redes: impacto das redes em nosso cotidiano e pós verdade.

 

                   As novas tecnologias aproximaram os espaços e alteraram a relação com o tempo. Num clique falamos com alguém do outro lado do mundo; em poucas horas chegamos ao outro lado do mundo. O processo de globalização é efetivado pelas novas formas de comunicação e transporte. A grande mídia apresenta a globalização como uma solução para reduzirmos a desigualdade social. Na verdade, a globalização é o apogeu da internacionalização do capital. [...]Mas o que tem a globalização que acaba por gerar consequências que levaram a humanidade para o lado oposto de onde gostaríamos de ter ido? [...] todos desejamos ser felizes e vivermos em um mundo mais justo e com menos desigualdades sociais. [...] A globalização também destrói a soberania cultural. Na aldeia global, as culturas são pasteurizadas. E os países mais fortes impõem sua cultura aos mais fracos. A diversidade das culturas se reduz a um modelo único. No neoliberalismo, somos consumidores. Como assim? Consumimos desde sempre! Sim, mas no neoliberalismo, o consumo é o principal motor. A propaganda é a alma do negócio e antecede a lógica da produção. Na verdade, a globalização deu mais oportunidades aos mais ricos, que já têm acesso às recentes tecnologias de forma efetiva e criou bolsões de enorme pobreza no mundo inteiro.

 Rede: acolher, proteger, agrupas, comunicar e distribuir. A rede mundial de computadores, a internet como fenômeno público nos anos de 1990 conforme o filosofo PierrLevy, foi criada para estabelecer uma sociedade mais igualitária, sem hierarquias. Mas, observamos em 2022, com as redes sociais digitais, o fenômeno das “bolhas sociais” e “algoritmos” o contrário do propósito inicial da Internet. Além disso, há o efeito psicológico podendo provocar a criação de várias personas(máscaras) promovendo a integração ou solidão.

O mundo pós internet: as redes e os fluxos marcam a nossa realidade atual, os nossos contatos do WhatsApp são cada vez mais amplificados em outras redes sociais. Neste contexto, há uma transformação de como acessamos a INFORMAÇÕES. Antes da chegada da INTERNET as OPINIÕES e BOATOS não circulavam de modo muito AMPLO. Hoje em dia, torna-se famoso em compartilhar as próprias opiniões é COMPLETAMENTE diferente do que já foi um dia. Ex: Penso faço um selfie; Posto no face LOGO EXISTO. [...] A agonia dos eternos “feeds” na tela do smartphone (telefone inteligente??) provoca dependência como a nomofobia(ausência de celular). Pós-VERDADE: FENÔMENO definido pelo dicionário de Oxford EM 2016, como “a associação à propagação sem freio de mentiras, opiniões sem embasamento e, até mesmo, de discurso de ódio. Surge assim, uma série de sites e postagens com informações falsas sobre diversas áreas de conhecimento, alimentando teorias conspiratórias e negacionismo da ciência e da história, nomeados como fatos alternativos.


http://textosdedoris.blogspot.com/2018/08/a-era-da-pos-verdade-e-os-falsos-lideres.html

ava03. Monte um mural na sua turma sobre a aula de hoje! Use a criatividade! Formato físico e virtual. 😊

 

obs: #MuseuCiep241

#MINHAESCOLAmardeHistórias

#MinhaMemóriaEscolarnoCIEP241

Comentários

As postagens mais vistas! #laboratoriosensinohumanas.com

Utilização da Linha do Tempo nos Estudos Introdutorios de Historia

Sociologia + História: Lei de Proteção aos Dados e Cibersegurança

A diferença salarial entre professoras e professores + desvalorizaçao docente no Brasil da covid-19

Génocide au Brésil à travers de fausses nouvelles, de faux remèdes préventifs et examen national high school, ENEM

FILOSOFIA sofista nos afeta em 2020?

Oficina Trocando Cartas no Museu da Vida

Formação + Atualização do DOCENTE: Cursos de Extensão Cederj 2021.1

#2020Distópica: Retrospectiva do passado + Sonhos possíveis de #2021