Pular para o conteúdo principal

#2020Distópica: Retrospectiva do passado + Sonhos possíveis de #2021

  


Retrospectiva coletiva e auto avaliação crítica necessária

      A pandemia nos proporcionou momentos inesquecíveis e tenebrosos em 2020, e como desdobramento em meses nos reinventamos. Cada ser humano reinventou-se

E não adianta negarmos as dificuldades. Aceitar os desafios, assumir os riscos, atravessar todas as fases (letargia; negação; angústia; ansiedade; agitação; e por fim, aceitação) que nos tiraram da nossa zona de conforto antes do Covid-19, a.c19, nos tornaram mais conscientes da nossa função enquanto docentes, discentes e seres humanos. Independente da faixa etária de sermos migrantes, ou, nativos digitais, aprender a reinventar-se sem aviso prévio foi uma tarefa coletiva agridoce para todos nós, especialmente nós brasileiros.

Retrospectiva histórica de 2020: relembramos das nossas aulas básicas da antiga 3ªsérie e atual 4ºano do ensino fundamental - sobre vírus e protocolos básicos de higiene. Também aprendemos a lidar com a dificuldade histórica do nosso país em obedecer a regra do isolamento social. Não foi fácil para ninguém. Não podemos apenas contar nossos desafios! As nossas conquistas devem ser a nossa ponte de esperança para o futuro, 2021. Aprendemos a lidar com as nossas limitações financeiras, sociais e emocionais. 

Quem nunca se sentiu totalmente perdido diante do novo velho mundo digital e das salas de aulas remotas? Quem nunca esqueceu uma senha? Quem nunca teve problema de conexão e reclamou inúmeras vezes com a operadora?  

Além disso bem sabemos da grande dificuldade de acesso dos nossos alunos, o nosso serviço de conexão a internet é caro + péssima qualidade. Precisamos conversar sobre políticas públicas de acessibilidade a comunicação digital!!

Card com o número escrito representando 2020 com máscaras representando os números zeros.Em baixo a representação de 2021 - sendo o zero representando a máscara e o número um representado por uma seringa

O que podemos colocar em nossa lista de Auto Avaliação para 2020?

1.    👀Aprendemos o exercício do olhar para si mesmo;

2.      👀Conhecemos na prática metodologias ativas – busca ativa do aluno;

3.     👀Vivemos as experiências das ausências físicas;

4.     👀 Valorizamos as nossas lembranças e experiências (favoráveis e desfavoráveis);

5.    👀Observamos a questão: - Aprender de forma significativa os conteúdos propostos em novas formas e aspectos; ou, repetir o modelo tradicional de muitos conteúdos impostos?

6.      👀Vivência da escuta cuidadosa;

    A nossa lista poderia continuar e ser ressignificada para planejarmos o nosso 2021. Mas, gostaria de finalizar com a reflexão: Após a vacinação como podemos pensar nosso retorno à escola ou universidade? O que podemos pensar sobre esse retorno? Qual a nossa contribuição para esse retorno? Sim, juntos podemos construir estratégias para o plano de retorno em nossas instituições educacionais e espaços associativos.

A pandemia evidenciou e denunciou os problemas educacionais históricos no Brasil – a evasão por ausência de infraestrutura de atendimento e acolhimento dos alunos (e, professores por que não?). A CRISE da EDUCAÇÃO dentro da CRISE DA PANDEMIA da COVID-19 iniciou quando foi aprovada a Emenda Constitucional 95/2016, do teto de gastos, que sufocou as politicas publicas de Educação, como Plano Nacional de Educação, PNE.- fomentador dos programas de alimentação, transporte escolar, formação continua do professor e trabalhador da educação; e material didático que sofreram nos quatros últimos anos cortes orçamentários catastróficos!

Então, vamos avaliar 2020? E planejar 2021 com sonhos possíveis em nossa coletividade? Existiu um famoso pensador da Escola de Frankfurt,na Alemanha, que nos perguntava: - Que história queremos contar para o futuro?

Longe de ser uma parafraseadora de Walter Benjamin, vos pergunto: Quais histórias queremos contar, e quais lembranças registrar em nossos museus??  

As Editorx@as.

Comentários

As postagens mais vistas! #laboratoriosensinohumanas.com

Utilização da Linha do Tempo nos Estudos Introdutorios de Historia

DIREITO A MEMÓRIA DAS NARRATIVAS REAIS E ESQUECIDAS

Génocide au Brésil à travers de fausses nouvelles, de faux remèdes préventifs et examen national high school, ENEM

O que nós (escola+....) temos a ver com a Semana Nacional de Museus?

História + Sociologia: Direito ao Voto no Brasil é uma conquista recente

Formação + Atualização do DOCENTE: Cursos de Extensão Cederj 2021.1

Por que precisamos conversar sobre o dia INTERNACIONAL DOS MUSEUS_18 de Maio?